A história começa aqui


Bem vindo à Associação Brasileira de Noz Macadâmia

A Associação Brasileira de Noz Macadâmia foi fundada inicialmente com o nome de APROMESP, Associação dos Produtores de Noz Macadâmia do Estado de São Paulo, durante a realização do 1° Encontro dos Produtores de Macadâmia realizado na cidade de Dois Córregos (SP) no dia 20 de outubro de 1990. Participaram deste encontro mais de 150 pessoas, vindas dos estados de MG, RJ, GO, SP, PR, BA e ES.


Saiba Mais

A NÚMERO 1

Quer deixar uma mensagem?


Fale Conosco


As macadâmias são consideradas as nozes mais finas do mundo.


Você conhece a Macadâmia e já sabe como plantá-la?



Originalmente das florestas australianas, a Macadâmia, recebeu diversos nomes das tribos locais como: “Burrawang” e “Boombera”. O botânico austriaco Ferdinand von Meuller, em uma exploração botânica com o diretor do Jardim Botânico de Brisbane, no ano de 1857 coletou esta planta e a catalogou como gênero Macadamia em homenagem a seu amigo John Macadam, famoso cientista Australiano.


Saiba Mais


Os benefícios da Noz Macadâmia

Zero Colesterol

A Noz Macadâmia é 100% livre de colesterol e é altamente benéfica em sua redução. Estas nozes são ricas em gorduras monoinsaturadas saudáveis, reduzem o nível de colesterol ruim, LDL e ajudam a limpar as artérias.

Saúde Osséa

O fósforo presente na noz macadâmia desempenha uma variedade de papéis, incluindo ossos e dentes, metabolismo, absorção e transporte de nutrientes. O cálcio também ajuda na formação de ossos e dentes. O Manganês da macadâmia ajuda o corpo a depositar novo tecido ósseo, de modo que o esqueleto permanece forte.

Saúde Cerebral

As nozes da Macadâmia contêm vitamina E, ácido fólico, melatonina, ómega 3 e antioxidantes que melhoram a saúde do nosso cérebro. E mais! Estimulam o nosso raciocínio, podem ajudar a aumentar a concentração e podem ajudar a prevenir doenças degenerativas.

Fonte de Proteínas

As macadâmias contêm níveis significativos de proteína, um componente essencial da nossa dieta, forma músculos e tecidos conjuntivos. As proteínas agem positivamente em nossa saúde. Eles também ajudam a manter a saúde dos cabelos, unhas e pele.